Fofão do frevo

Natural da ilha de Itamaracá (Pe), criado em Olinda, é fruto de todas as manifestações culturais pernambucanas em comunhão com a cidade histórica de Olinda que lhe deu subsídios para sua formação.

Aos 08 anos de idade ingressou na casa do guia mirim de Olinda, tendo como orientadores, alguns artistas consagrados como Antonio Nóbrega (músico e dançarino ), mestre de capoeira Branco (hoje consagrado bailarino contemporâneo).

Sua trajetória profissional se baseia como arte-educador e artista popular (brincante), com experiência em variados projetos sociais, ruas e praças – movimento nacional de meninos e meninas de rua de Recife, associação Oca, fundação Maria Carolina, escola de Frevo Viramundo, Centro Cultural Pompéia e etc.

As experiências artísticas se estenderam por vários grupos na cidade de São Paulo, em 1996 fundou o grupo Calungas do Passo (grupo de música e dança baseada nas tradições brasileiras).

Atuou com dançarino no cordel (quinhentos anos de história) e participou no grupo Cupuaçu (direcionado a cultura do estado do Maranhão) como dançarino e músico.

Além destas vivências, desenvolveu trabalhos em vários estados brasileiros, Miac (Ba), Encontro Internacional de Circo (Rs), Puc (Sp), Unicamp (Sp), Unesp (Sp) e outros espaços de educação.