Fernando Boi - Percussionista e Artesão

Iniciou seus estudos de percuss&ãoo em São Paulo com Prof. Paulo Campos, que tem como base trabalhos em ritmos africanos.

É membro fundador da Associação Cultural Cachuera, entidade referência que desenvolve trabalho de pesquisa, teoria e prática de ritmos afro-brasileiros. O grupo Cachuera realiza oficinas de percussão e dança desde 1995, e criou vários espetáculos mostrando a singular e grandiosa riqueza dos ritmos afro-brasileiros da região sudeste.

Em 1995, junto com Giba Pedrosa e Léo Doktorzcyk, criou o grupoGirasonhos, de Contadores de Histórias, que resgata a tradição oral, onde desenvolve além de ritmos, efeitos sonoros, criando os próprios instrumentos. Com o Grupo ministra oficinas de musicalização e criação de histórias em diversas entidades.

Acompanhou entre 1998 e 2001 o músico mineiro Luis Nascimento.

Participou do curso de extensão musical do departamento de musica da USP em 2002 e 2003.

Fez parte do grupo de choro e samba, Choro Brejeiro.

Fez cursos e vivências com Hermeto Pascoal, Naná Vasconcelos, Marcos Suzano e outros.

Participa do Grupo Folias e Folguedos do folclorista Inimar dos Reis, que divulga a riqueza da Cultura Tradicional de todo o Brasil.

Entre abril e outubro de 2004 viajou por países da Europa, principalmente França, Holanda, Suía e Portugal, divulgando a cultura afro-brasileira e ministrando oficinas de ritmo e dança.

Fernando Boi também confecciona instrumentos de percussão, criando instrumentos singulares alem de pandeiros, caixas, ganzas e outros.